0

Como ser um bom vendedor externo e bater suas metas?

como ser um bom vendedor externo

Quando o assunto é a importância de um bom vendedor, é válido destacar que existem vários tipos desses profissionais tais como os que trabalham dentro do negócio, os que estão atuando externamente e os que vendem a partir de tecnologias. De modo recorrente, uma pergunta surge e é sobre ela que trata esse artigo: Como ser um bom vendedor externo?

A profissão “vendedor” está presente em todos os tipos de empreendimento. Vender é a base para que um negócio exista e é tarefa do vendedor encontrar potenciais clientes, tratando-os e cativando-os até que realizem suas compras. Todavia, saindo do modelo mais comum e visto no varejo onde o cliente vai até a loja, é possível encontrar fluxos contrários.

Ou seja, nesse caso o vendedor costuma ir até os clientes marcando encontros para sanar suas dúvidas e para que as vendas aconteçam. Muitos desses profissionais vão passando pelas cidades em busca de encontrar potenciais clientes para o seu produto tendo que, para isso, dispor de um bom planejamento para que no fim do mês os números fechem.

Quer entender mais sobre esse tema e obter dicas simples e eficientes sobre como ser um bom vendedor externo? Você está no lugar certo! Continue lendo e saiba tudo sobre o assunto agora mesmo e garanta seus excelentes resultados.

5 dicas sobre como ser um bom vendedor externo

Muitas pessoas atuam como vendedor externo e para quem está nesse ramo, ou já atuou nele antes, é simples entender que o dia a dia de trabalho de vendas externas nem sempre é fácil, afinal quando o mês vira os ganhos zeram e é necessário recomeçar um trabalho árduo, certo?

Para ter sucesso, e um bom salário, é imprescindível atentar-se para inúmeros detalhes que atingem diretamente a vida pessoal e especialmente a vida profissional.

Quer saber como ser um bom vendedor externo para fechar um maior número de vendas e contratos? Com certeza você precisa conferir algumas dicas. Acompanhe a seguir as 5 principais bases desse trabalho e seja ainda mais profissional:

1.   Defina quais são as suas próprias metas

Primeiramente é importante trabalhar com metas visto que elas lhe possibilitarão alcançar tanto aquilo que você precisa quanto quer no fim do mês. Indo além das metas estabelecidas pela empresa da qual faz parte, é necessário ter metas individuais, ou seja, mais personalizadas que considerem especificamente o seu dia a dia.

A definição de metas deve considerar o todo. Quanto você quer de salário no fim do mês? Qual a comissão de que você precisa para cumprir com todos os seus compromissos financeiros, sobrando para a realização de algo novo, por exemplo? Não dê continuidade enquanto não souber essa resposta!

Após defini-la lembre-se de checar quantos serão os seus dias de trabalho e divida esse valor total por este número de dias. É possível? É viável? O que deverá ser feito para que a sua meta seja realmente cumprida? Considere acrescentar desafios aqui como melhorar os números em comparação aos últimos meses, por exemplo.

2.   Inove constantemente em suas abordagens e técnicas

Diariamente as pessoas mudam uma vez que o mercado se atualiza e moderniza incrivelmente rápido. E, se você quer saber sobre como ser um bom vendedor externo é indiscutivelmente importante que mantenha-se de olho nessas transformações a fim de melhorar sempre.

Quais são as suas técnicas de abordagem atualmente? Você as utiliza desde quando? Infelizmente muitos vendedores aprendem a prática da venda de uma forma e a trabalham sem qualquer alteração por anos a fio tal como um script nunca melhorado.

Evidentemente, isso não está certo e é por isso mesmo que não traz bons resultados. Cada profissional deve investir em sua melhoria contínua, afinal cada vendedor é um empreendimento próprio fadado ao sucesso ou  fracasso dependendo exclusivamente de você mesmo! Não tenha medo de inovar, pois esta postura trará novas e boas experiências.

3.   Seja sempre organizado e muito disciplinado

Para ter sucesso na questão como ser um bom vendedor externo é indispensavelmente importante entender que organização, disciplina e planejamento devem estar sempre em primeiro plano na sua vida. E se você não tem essas características trabalhe nisso já!

Um vendedor externo tem que saber usar uma agenda, um planner diário, semanal e mensal. Deve organizar estrategicamente os dias em que entrará em contato com o seu público a fim de agendar visitas e conversas. Precisa se organizar ainda para encontrar cada cliente na data que foi marcada tendo como base para o sucesso o compromisso e a responsabilidade.

Para os profissionais que viajam em nome da empresa é importante destacar ainda a importância de organizar os cupons fiscais para que posteriormente tenha o seu reembolso no que se refere a esses gastos e custos. Aliás, organizar as viagens a trabalho é indispensável para diminuir os problemas e imprevistos nesse contexto.

4.   Tenha um relacionamento com o cliente

Muitos vendedores erram porque baseiam a relação com o cliente apenas ao momento específico da venda, todavia é sabido que isso não se mantém por muito tempo. O cliente quer mais atenção e cuidado e dificilmente irá se satisfazer com este relacionamento frio, por isso é preciso oferecer mais caprichando muito!

Um bom relacionamento com o cliente significa fazer um acompanhamento do tipo 2+2+2, por exemplo, ou algum outro modelo semelhante. “Mas, o que é 2+2+2?”, você pode estar se perguntando e a resposta é simples: Após a venda do seu produto ou serviço você faz contato com o cliente 2 dias depois, 2 semanas depois e 2 meses depois para saber se está tudo bem!

Este modelo garante a plena satisfação do cliente já que mostra seu interesse em saber se está tudo bem, se o cliente está satisfeito com aquilo que contratou e assim por diante. A atenção e o cuidado garantem a fidelização do cliente e uma maior recorrência em pedidos.

5.   Use sempre a tecnologia a favor do seu negócio

A última e não menos importante dica refere-se a saber usar da tecnologia a favor das suas vendas. Portanto, se quer saber como ser um bom vendedor externo considere a utilização de algumas ferramentas, como aplicativos e CRM’s também.

Dificilmente uma pessoa que trabalha com vendas não usa algum tipo de tecnologia para lhe ajudar a organizar todos os números e pedidos, mas se você for um dos casos de exceções a hora é agora para mudar essa realidade e conseguir crescer. Quando se utiliza a tecnologia é mais fácil ver, por exemplo, seus índices e números de forma geral.

Sempre que possível crie fichas para os seus clientes, coloque seus dados pessoais e também o que eles têm comprado. Quanto mais informação melhor para o momento de um fechamento de venda, certo?

Além de poder ser utilizado um aplicativo de reembolso para controlar todas as transações feitas por funcionários e não ter nenhum tipo de problema durante todo o processo.

Gostou das dicas que foram dadas sobre como ser um bom vendedor externo? Está pronto para por em prática cada um desses itens para ver resultados no seu recebimento? Antes de ir, aproveite para se inscrever e receba Newsletters que, como este conteúdo, vão acrescentar muito a sua rotina de trabalho tornando-o um profissional referência!

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Yanick Gudim

Founder, CEO ExpenseOn Yanick Gudim, controller com ampla experiencia em auditoria e consultoria de empresas de médio e grande porte. Durante 3 anos trabalhei como consultor financeiro para startups de tecnologia como: Just Eat, Elens, Girafas, Mega Mamute, Sorte Online, Beleza na web, Play tech, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *