0

Controle de despesas: 4 sinais de que você é um expert no assunto!

As finanças de um negócio são os fatores mais importantes para manter o negócio funcionando. Qualquer deslize no controle de despesas ou vendas pode levar toda a empresa para o buraco!

Por isso, é uma das maiores preocupações de empreendedores e gestores em geral.

Contudo, é totalmente possível controlar esse departamento de forma completa e muita eficaz, sabia?

Quem consegue atingir esse nível de gestão pode ser chamado de expert. Neste post você encontra as características essenciais desse super profissional e aprende como se tornar um, se quiser.

Então confira o artigo e mude a realidade financeira do seu negócio ainda hoje!

1. Conhece a situação atual da empresa

Um dos maiores requisitos para se tornar um expert em controle de despesas é conhecer a situação atual da empresa.

Como está o fluxo de caixa? Como andam as vendas do mês atual? As contas do negócio estão em dia ou atrasadas?

Ter consciência de como o empreendimento vem sendo operado é determinante para alcançar o êxito na gestão financeira. Com essas informações em mãos é possível tomar medidas para resolver problemas e corrigir as falhas no processo financeiro da companhia.

Então, se você consegue dizer rapidamente como anda o negócio é sinal que manda muito bem na gestão das finanças.

Isso não quer dizer que você precisa ter todos os gastos e recebíveis na ponta da língua, mas dados básicos precisam ser lembrados sempre. Alguns exemplos são: percentual de lucro sobre as vendas, lucro líquido do negócio, taxa de crescimento anual e assim por diante.

2. Planeja com antecedência os gastos

Além de conhecer a realidade do negócio, você também deve planejar os gastos com antecedência. Só assim pode se considerar um verdadeiro herói das finanças.

Para manter a saúde do negócio em dia, você deve prever os gastos fixos e variáveis.

Quanto a empresa gastará nos próximos meses? Qual o valor necessário para manter o negócio funcionando por, pelo menos, seis meses?

Essas informações auxiliam a definir as metas de venda da companhia, bem como, verificar se o fluxo de caixa será suficiente para cobrir as despesas.

Caso você identifique que algum compromisso não poderá ser cumprido, então pode tomar medidas para negociar com o fornecedor ou levantar mais capital. O mais importante é que quando você planeja seus gastos com antecedência, evita ser pego de surpresa.

Deste modo, não precisa apelar para empréstimos ou financiamentos que corroem a sua lucratividade com o tempo. Isso também ajuda a criar uma estratégia de crescimento sustentável para o empreendimento e manter tudo nos trilhos.

Por isso, se você tem controle de todas as despesas e faz um levantamento antecipado dessas informações, parabéns. Você é um dos poucos experts em controle de despesas no mundo do empreendedorismo.

3. Registra todas as movimentações

Ter conhecimento da realidade atual do negócio e suas previsões exige um controle rígido sobre as movimentações financeiras. Isso quer dizer que nenhum gasto deve passar despercebido do departamento financeiro.

Todas as entradas e saídas de capital precisam ser devidamente registradas em uma planilha, ou um software de controle de despesas. Assim compreendemos para onde vai o dinheiro da empresa e quais são os maiores gargalos das finanças.

Esse controle, no entanto, necessita de um pulso firme e muita dedicação. Afinal é comum negligenciar pontos que não parecem tão importantes, como os gastos com o cafezinho, por exemplo.

Porém, em maiores escalas, mesmo os gastos mais insignificantes impactam diretamente a política financeira do negócio. E alguns cortes podem significar economia e mais lucro à empresa, ou a melhor aplicação desse recurso.

Sendo assim, a característica essencial de um expert em controle de despesas é registrar todos os lançamentos. Essa atitude ajuda a manter as finanças da empresa sobre controle e evita surpresas pelo caminho.

4. Está de olho nos gastos com viagens corporativas

Esse é o último item da lista, mas com certeza é um dos mais importantes. Infelizmente também é um dos pontos mais negligenciados na maioria das companhias.

A viagem corporativa se tornou parte do controle de despesas da maioria dos negócios. Seja para visitar clientes, fechar contratos em outras cidades ou expandir a empresa, esses translados são necessários para o dia a dia do negócio.

Entretanto, nem todas as empresas registram os gastos com as viagens corporativas. E pior, a maioria não dispõe de uma política de custos específica para essa finalidade.

Como resultado temos uma pilha imensa de despesas que não podem ser justificadas no final do mês e, ainda, impactam diretamente todo o orçamento do negócio.

Além disso, você sabia que os valores gastos nessas viagens também devem fazer parte do custo para aquisição de um cliente? Pois é, esse montante está diretamente ligado com o investimento para atrair novos consumidores para o negócio.

Se você faz esse controle rígido dos gastos em viagens a trabalho, com certeza é um expert no controle de despesas. Se ainda não faz, não se preocupe.

Aprenda a criar a sua política de gastos e reembolsos em viagens corporativas neste outro artigo. Torne-se um verdadeiro especialista em gerar economia e controle para sua empresa agora mesmo!

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Yanick Gudim

Founder, CEO ExpenseOn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *