0

Como lidar com o extravio de bagagens em viagens corporativas?

extravio de bagagem viagem corporativa

O extravio de bagagem é uma das situações complicadas que um viajante corporativo pode enfrentar. Além dela, pode ser atraso de voo, perda do mesmo ou, ainda, cancelamento por causa das condições climáticas. 

As adversidades em um aeroporto são as mais diversas, deixando os usuários bem chateados. Uma pesquisa da CWT, companhia global especializada em viagens corporativas, revelou que 66% dos brasileiros preferem perder o voo a ter suas malas extraviadas.

Se você já passou por uma situação dessas, sabe bem o quanto é preocupante. Mas mesmo que não tenha passado, vamos te dar algumas dicas importantes para evitar tal situação e também dicas do que fazer caso ocorra o extravio de bagagem durante a sua viagem corporativa. Continue acompanhando e confira!

Como evitar o extravio de bagagem?

Já pensou em descer do avião e receber a notícia que a sua bagagem extraviou? E o pior, com várias informações dentro que iriam te auxiliar na reunião de amanhã? Infelizmente essas situações acontecem e com bastante frequência.

Porém, é possível evitar o extravio de bagagem. Se você não sabe como, veja algumas dicas para escapar desse tipo de situação:

  • Leve o que for de valor com você: por mais que não queira ficar com as mãos ocupadas durante o voo, não é aconselhável levar tudo em uma só mala. Documentos, dinheiro e eletrônicos são exemplos de pertences que devem ir junto a você no avião. Portanto, sempre leve uma bagagem de mão para colocar o que for de mais valor;
  • Use identificação em suas malas: uma medida bastante óbvia, mas que muitos ignoram e só pensam nela quando já ocorreu o extravio de bagagem. Caso ocorra esse incidente, com a identificação fica mais fácil localizar os seus pertences. Coloque fitas coloridas, nome, contato telefônico ou até e-mail, todas as informações necessárias para que a sua mala retorne para as suas mãos;
  • Se a viagem for internacional, contrate um seguro: quando se trata de viagem corporativa, ter um seguro é algo imprescindível. Afinal, protege o funcionário em várias questões, inclusive do extravio de bagagem, fazendo a total cobertura caso esse incidente aconteça;
  • Sempre que possível, faça voos diretos: essa é uma forma de evitar que a sua bagagem passe de conexão para conexão e corra o risco de ser esquecida em algum ponto que não seja o seu destino final;
  • Despache as suas malas com tranquilidade: a correria pode fazer você não prestar atenção nos detalhes e acabar despachando as suas malas no local errado. Por isso, chegue cedo ao aeroporto e despache a sua bagagem com segurança. Afinal, a velha e boa antecedência é sempre a melhor amiga para evitar a falta de atenção.

Política de viagens e extravio de bagagens

Vale ressaltar ainda que a empresa deve inserir esse item em sua política de viagens, informando como a companhia procede em casos de extravio de bagagens. Esse documento irá orientar os funcionários sobre como proceder, as responsabilidades envolvidas e cuidados a serem tomados.

É importante que essas regras e informações estejam visíveis, especialmente nos casos em que o viajante carrega consigo documentos oficiais e eletrônicos fornecidos pela empresa. Na política é preciso orientar o procedimento de notificação da própria empresa, bem como as autoridades competentes para obter ressarcimento ou substituição dos equipamentos perdidos.

Também é válido inserir na política se a empresa indenizará o colaborador nesses casos e qual o valor máximo de indenização, bem como os itens cobertos. Deste modo, o funcionário que viaja constantemente se sentirá protegido pela companhia e saberá exatamente o que fazer.

O que fazer quando ocorre o extravio de bagagem?

Como já dissemos, o extravio de bagagem é um problema bem corriqueiro dentro dos aeroportos. Alguns viajantes corporativos já passaram por essa situação, mas nunca estão preparados para resolver esse tipo de contratempo. Afinal, é algo que pega qualquer pessoa de surpresa, não é mesmo?

Você sabe o que fazer nesse tipo de situação? Conheça algumas dicas que podem ser bem úteis quando ocorrer esse contratempo:

  • Se você tiver um seguro, cheque com ele se há cobertura para extravio de bagagem. Se houver, a companhia pode te ajudar a localizar suas malas;
  • Se a empresa comprou as passagens em um cartão de crédito, verifique se a operadora de viagem possui a cobertura de bagagem extraviada;
  • Caso não tenha nenhuma das duas opções acima, você vai precisar ir até ao balcão de atendimento da sua companhia aérea para registrar o extravio de bagagem (tenha o comprovante de despacho das malas em mãos);
  • Se a sua companhia não localizar as malas de imediato, você pode pedir uma indenização para comprar os itens de necessidade básica;
  • Quando a bagagem não é encontrada de imediato, você irá preencher um formulário informando seu endereço para devolução da mesma. De acordo com a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), o prazo para procura das malas são de até 7 dias para voos nacionais e 21 dias para os internacionais. Elas serão devolvidas no endereço informado por você;
  • Notifique a sua empresa, pois ela precisa estar ciente da situação, porque esse incidente pode atrapalhar todo o percurso da viagem.

Vale ressaltar que caso a ANAC não te notifique dentro do prazo estabelecido por lei, você deverá ser ressarcido em até sete dias. Outro ponto importante é que os voos internacionais por extravio de bagagem não são mais regulados pelo Código de Defesa do Consumidor. Nesses casos, o problema deve ser resolvido pelas normas de convenções internacionais, Varsóvia ou Montreal são exemplos delas.

Portanto, caso o funcionário viaje para fora do país a trabalho e a sua mala seja extraviada, é de responsabilidade da empresa indenizá-lo, mas somente pelos danos materiais.

Saiba o que fazer quando a sua bagagem for danificada ou furtada

Se a sua bagagem for encontrada e estiver danificada, é preciso que você informe a companhia aérea imediatamente. Isso pode ocorrer mesmo em casos de não extravio e a companhia deve ser avisada da mesma forma. Em caso de extravio e posterior recuperação, quando a mala for entregue a você com alguma avaria, o prazo para notificar a companhia é de até sete dias.

A empresa deverá substituir a sua mala ou te indenizar pelos danos. Se ela for violada, a companhia aérea só pagará a indenização mediante a comprovação. Se a sua mala for furtada, além de avisar a companhia, é necessário fazer o boletim de ocorrência. 

Por mais que tentemos prever como será uma viagem, principalmente quando se trata de um deslocamento a trabalho, imprevistos sempre acontecem. E isso pode mudar totalmente o que foi planejado, por isso, é sempre bom ter um plano B em casos emergenciais. 

É importante que a empresa tenha uma gestão de risco, para se precaver com esses tipos de inconvenientes. Afinal, essa é uma boa maneira de evitar dor de cabeça.

Uma forma eficiente de tentar contornar os riscos quando o funcionário for viajar a pedido da empresa, é o gestor sentar-se com ele e alinhar todas as informações com antecedência. Viaje 100% focado em seus compromissos e evite contratempos, como o extravio de bagagem. 

Gostou do conteúdo? Para receber mais posts interessantes, assine a nossa newsletter

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Yanick Gudim

Founder, CEO ExpenseOn Yanick Gudim, controller com ampla experiencia em auditoria e consultoria de empresas de médio e grande porte. Durante 3 anos trabalhei como consultor financeiro para startups de tecnologia como: Just Eat, Elens, Girafas, Mega Mamute, Sorte Online, Beleza na web, Play tech, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *