0

Manual de viagens corporativas: aprenda a montar o seu!

manual de viagens corporativas e procedimentos

É muito importante ter um manual de viagens corporativas e esse artigo vai te ensinar a montar esse documento que a sua empresa tanto precisa!

As viagens corporativas trazem muitos benefícios para o turismo no país e ainda movimentam a vida financeira das empresas. Essa atividade também contribui para o crescimento e bem-estar dos funcionários, tornando o ambiente mais harmônico.

Pensando nisso a empresa precisa definir os procedimentos de viagens adequadamente para aproveitar esses deslocamentos da melhor forma possível. Um manual de viagens é o documento ideal para reunir essas instruções e tornar a gestão mais assertiva.

Então, chegou o momento de você aprender a montar o seu próprio manual de viagens corporativas e saber todos os procedimentos de viagens a trabalho. Confira!

Mas, o que é um manual de viagens corporativas?

Um manual de viagens corporativas é um documento que reúne todos os procedimentos e instruções acerca dos deslocamentos realizados na empresa. Nele constam as regras para as viagens, explicações sobre os reembolsos e adiantamentos, normas de conduta que o colaborador deve seguir quando em viagem a serviço da empresa, entre outras informações.

O manual, em alguns casos, pode ser confundido com a política de viagens corporativas. Contudo, esse último costuma ter uma linguagem mais técnica, sendo utilizado principalmente para proteger os interesses legais da empresa.

Já o manual de viagens a trabalho pode ser um documento mais leve, divertido e educacional. O seu maior intuito é ajudar os colaboradores a realizarem as viagens da melhor forma possível, seguindo todas as orientações da companhia.

banner modelos políticas reembolso

Determine qual o propósito da política da viagem

Para criar o seu manual de viagens corporativas é necessário, antes de tudo, saber todos os objetivos que a empresa deseja alcançar.

As empresas propiciam viagens aos seus funcionários para eventos importantes, cursos, buscar expandir o negócio. As viagens corporativas são para ampliar o mercado de atuação da empresa, seja para melhorar a capacitação de seus funcionários ou buscar a melhoria e crescimento do negócio.

Com isso, é importante saber qual o intuito das viagens realizadas pela empresa para saber a realidade de gastos e todos os procedimentos que serão adotados para criar o manual de viagem corporativa.

Agora que você já sabe quais os propósitos mais comuns de uma viagem corporativa, chegou o momento de conhecer mais sobre os procedimentos para fazer de forma eficiente o seu manual de viagens corporativas. 

Despesas envolvidas para ter o manual de viagens corporativas

É importante especificar as despesas para fazer o manual de viagens corporativas com mais eficácia.

Liste todas as possíveis despesas que geralmente são gastas com os seguintes aspectos: passagens, alimentação, hospedagem, transporte e todos ou outros possíveis gastos.

Ao fazer a lista é possível ter uma noção de quanto recurso será necessário para arcar com essa atividade e adequar o manual de viagem corporativa de acordo com a realidade orçamentária da empresa.

O manual de viagens corporativas é para saber quanto irá gastar, mas podem surgir imprevistos com gastos que não foram previsíveis. Assim, por existir tais imprevistos, uma solução possível para as empresas é determinar um valor a mais que pode ser usado por cada funcionário em caso de emergência. 

Determine regras claras e objetivas para o procedimento de viagens

Ao realizar o procedimento de viagem, é importante que o profissional tenha acesso de forma objetiva e clara a todas as regras, podendo executar de maneira correta suas obrigações.

O estabelecimento dessas regras servirá para guiar a equipe, devendo a empresa manter o funcionário atualizado de todo procedimento da viagem.

Com isso, é sempre muito importante estar atento no momento de fazer todo o procedimento de viagens corporativas. O roteiro deverá ser passado para equipe, melhorando a organização do manual de viagens corporativas com todo detalhamento necessário.

Destaque as principais necessidades

No momento da elaboração do manual de viagens corporativas é necessário que sempre seja destacado as principais necessidades da empresa.

Converse com todos os envolvidos e destaque quais são os pontos principais que deverão ser abordados. Isso para fazer com que o seu manual fique completo de acordo com todas as necessidades da organização.

Saber a realidade do negócio e levá-la em conta no momento dessa elaboração é determinante. Assim, o procedimento da viagem será de acordo com o que a empresa busca e com a realidade que a mesma vive.

Crie uma política de reembolso

banner modelos políticas reembolso

É necessário que todos os envolvidos na viagem corporativa saibam de todo o processo de reembolso. É importante que não exista dúvidas quando trata-se de reembolso.

Todos os pontos sobre o reembolso devem ser detalhados para que não fiquem dúvidas.

Sendo assim, o colaborador deverá saber desses pontos para o reembolso:

  • O recolhimento dos recibos das despesas – é necessário ter todos os documentos referentes aos gastos bem organizados, para que o recolhimento ocorra de maneira que não confunda a empresa e o seu funcionário;
  • Justificar todos os gastos extras – prestar conta sobre aquilo que foi gasto a mais dentro de uma viagem corporativa, dessa maneira ficará justo para ambas as partes e ninguém ficará no prejuízo;
  • Preenchimento de relatórios – os relatórios devem ser preenchidos e organizados em todas as viagens corporativas assim que os gastos forem feitos, desta maneira, nada passará sem ser contabilizado;
  • Solicitar alguma quantia antes da viagem – é importante ter noção de quanto será gasto em uma viagem corporativa, mesmo que o valor não seja 100% assertivo;
  • Os prazos que devem ser cumpridos para receber o reembolso – o colaborador e a empresa nunca devem ser prejudicados em uma viagem corporativa, assim, cabe a ambos representantes realizarem todas as ações necessárias dentro do prazo.

Saber todos os requisitos que a empresa precisa para que possa repassar o reembolso é uma obrigação no mundo corporativo atual. Desse modo, caso não seja cumprido alguns prazos desses itens, é necessário comunicar a empresa em qual prazo irá entregar. 

Dessa forma, para ter um bom manual de viagens corporativas é importante primeiro contar com uma boa organização, o que irá gerar redução de custos com uma boa qualidade nos resultados.

As viagens corporativas são boas para a empresa e para os seus colaboradores. A empresa deverá sempre contar com a ajuda de seus funcionários, isso faz com que a empresa cresça e que os funcionários busquem o crescimento profissional e da empresa.

Hora da ação!

É através da organização e com a redução de custos que você vai fazer um bom manual de viagens corporativas que só trará benefícios a sua empresa.

Todo manual de viagens corporativas só terá melhor eficácia se puder contar com a ajuda da empresa que é especializada nesse assunto.

Faça da sua viagem de trabalho uma grande experiência de crescimento pessoal se tornando um profissional melhor e trazendo benefícios para a empresa que trabalha e fique longe dos riscos que podem ocorrer.

Se organizar é ideal para que tudo ocorra da melhor forma possível. Lembre-se que uma boa viagem a trabalho pode fazer com que a produtividade seja bem maior, portanto, elas interferem diretamente no sucesso de uma empresa. 

Faça um manual de viagens corporativas da melhor forma, seguindo as dicas expostas neste artigo e saiba como ter o reembolso de forma mais prática.

Está sem ideia para montar seu manual de viagem e quer ver alguns modelos de política de viagens e reembolso para usar na sua empresa? Clique aqui e baixe nossos templates gratuitos agora mesmo!

banner modelos políticas reembolso

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email

Yanick Gudim

Founder, CEO ExpenseOn Yanick Gudim, controller com ampla experiencia em auditoria e consultoria de empresas de médio e grande porte. Durante 3 anos trabalhei como consultor financeiro para startups de tecnologia como: Just Eat, Elens, Girafas, Mega Mamute, Sorte Online, Beleza na web, Play tech, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *