0

O que é a gestão empresarial e como aplicar de forma eficaz!

o que é gestão empresarial

Você sabe o que é gestão empresarial? Se não sabe, continue lendo este artigo que vamos mostrar para você qual a importância deste conceito para o seu negócio, independente do porte da sua empresa.

Todos nós sabemos como é difícil administrar uma empresa no Brasil. A alta carga tributária, a concorrência desleal, bem como a dificuldade em gerir de forma eficiente um negócio são alguns dos fatores que fazem muitos empreendedores desistirem dos seus sonhos.

Dados do Sebrae apontam que em torno de 60% das empresas encerram suas atividades ao chegar ao quinto ano de vida. E, isso ocorre pela falta de planejamento empresarial. Ou seja, má gestão.

Mas, afinal o que é gestão empresarial?

A gestão empresarial  é uma forma de conduzir a sua empresa para atingir melhores resultados.

Essa estratégia se consiste em realizar ações que envolvam a organização dos processos, o controle financeiro, a administração de pessoas, recursos materiais e tudo que seja necessário para a manutenção do negócio.

Como se pode notar, a gestão empresarial é um conceito abrangente que envolve todos os setores da empresa. E, quando pensamos em pequenas empresas todos esses setores podem estar concentrados em uma única pessoa: o dono do negócio.

Entretanto, entender o conceito tornará mais fácil separar as funções e identificar os gargalos da empresa. Ou seja, onde há problemas que precisam ser solucionados.

Qual a importância da gestão empresarial?

Como observamos, cerca de 60% das empresas não conseguem chegar ao quinto ano de vida. E um dos principais fatores que ocasiona a mortalidade da maioria dos negócios é a falta de planejamento.

É por essa razão que a gestão empresarial é tão importante. Afinal, a maioria dos empresários acaba passando o dia apagando incêndio, e não consegue pensar no seu negócio de maneira estratégica.

Logo, quando o empresário passa a aplicar a gestão empresarial ele consegue ver de maneira mais clara todos os setores da empresa. E pode, dessa forma, criar e aplicar métodos que melhoram os processos.

Como faço para aplicar a gestão empresarial?

Aplicar a gestão empresarial não é uma tarefa fácil. Requer bastante persistência, e, sobretudo, estudo. 

Normalmente, para começar o processo de implantação da gestão empresarial as empresas buscam um sistema integrado que pode auxiliar nesse passo.

Entretanto, somente um sistema não é capaz de trabalhar a gestão empresarial como um todo. E é nesse sentido que o empresário precisa seguir basicamente um passo a passo para implantar a gestão.

Planejamento estratégico – Primeiro passo

O primeiro passo para implantar a gestão empresarial é aplicar o planejamento estratégico. E isso consiste em definir claramente a missão, visão e valores da empresa, bem como fazer uma análise das oportunidades, ameaças, pontos fortes e pontos fracos dela.

Missão da empresa

Nesse ponto a empresa precisa definir como missão a sua razão de ser. O porquê existe e qual a sua finalidade no mercado.

Vamos dar um exemplo de missão: imagine uma consultoria financeira, sua missão poderia ser “Ampliar a lucratividade dos microempresários através de mecanismos financeiros que colaboram para a organização da empresa”.

Repare que a missão é muito mais do que ajustar as finanças da empresa. Consiste em realizar o sonho do seu cliente. A missão do seu negócio é sempre realizar o sonho do cliente.

Visão da empresa

A visão é onde você pretende chegar sem estabelecer um prazo definido. É uma referência do que sua empresa pretende ser no mercado.

E nesse mesmo caso podemos citar outro exemplo: “Ser a maior empresa de consultoria financeira do Estado de São Paulo”. Note que a visão é um norte para o seu negócio, ou seja, uma bússola.

Valores da empresa

Os valores, portanto, é o que sua empresa carrega e que faz o cliente se identificar com ela. É aquilo que a empresa traz em seu propósito.

Como exemplo podemos citar: “Aplicar a ética na gestão financeira, procurando desenvolver mecanismos de apuração de resultados e fluxo de caixa com respeito aos nossos clientes e clientes dos nossos clientes”

Análise SWOT

Já a identificação da análise SWOT consiste em ver onde sua empresa está acertando e onde está errando, e fazer o mesmo com seus concorrentes. Desse modo é importante avaliar os pontos fortes e fracos do seu negócio de maneira racional e crítica.

Significa também olhar as oportunidades e ameaças e analisar o que pode fazer o seu negócio sair do mercado, ou o que pode fazê-lo expandir. Como por exemplo, ampliar para o segmento de consultoria estratégica, entre outros.

Gestão de caixa e indicadores de desempenho

O segundo passo para uma boa gestão empresarial é criar um método de gestão de caixa e indicadores de desempenho. Afinal, quando um negócio enfrenta problemas financeiros dificilmente sobreviverá.

Para isso, é importante precificar corretamente o seu produto e gerir o custo fixo de maneira bastante eficiente. Evitar desperdícios, digamos. Saber separar corretamente os custos da empresa dos custos pessoais e encontrar o verdadeiro lucro do negócio.

Feito isso, é importante criar indicadores, como rentabilidade e lucratividade para avaliar se a sua empresa realmente está dando o retorno desejado. É uma tarefa árdua, mas que precisa ser colocada em prática.

Quer saber mais como conter as despesas administrativas sem comprometer a empresa? Dá uma olhadinha nesse artigo exclusivo!

Gestão dos recursos humanos e materiais

O terceiro passo é ajustar os processos às pessoas. Saber quantas pessoas são necessárias para cada processo mantendo a racionalidade de custos.

Isso também possibilita cobranças mais focadas e mais motivação da equipe. Cada pessoa sabendo exatamente o que precisa fazer gera ganhos de eficiência para a empresa. E com isso se torna mais fácil aplicar políticas de recompensa.

Também é fundamental um controle rígido da estocagem, tanto de matéria-prima quanto de produto acabado. Existem sistemas como Kanban e Just in Time que ajudam a otimizar esse processo evitando desperdícios e perdas financeiras.

Controlar bem a gestão material e humana impactará diretamente nos custos da empresa e consequentemente em seu caixa.

Gestão de reembolso

Um dos setores que também colabora para a desorganização empresarial, bem como para inúmeros prejuízos é a questão das viagens corporativas.

E controlar os gastos da empresa é uma das tarefas mais importantes. Pois, normalmente em mercados demasiadamente competitivo a eficiência em custos é fundamental para a sobrevivência da empresa.

Nesse sentido, a gestão empresarial também engloba aplicar um sistema de gestão de reembolso de maneira eficaz. E isso consiste em contar com um sistema que possa minimizar o tempo e os imprevistos nessa área.

Um dos principais problemas no que tange o reembolso é a perda de comprovantes fiscais, assim como o tempo para se preparar um relatório. Desse modo, um sistema onde o vendedor possa lançar em tempo real os comprovantes fiscais, evitando perdas é extremamente fundamental para melhorar a gestão empresarial.

Quer conhecer a demonstração do nosso sistema? Dá uma olhadinha e surpreenda-se!

Comece hoje mesmo a aplicação da gestão empresarial

Agora que você já sabe como aplicar a gestão empresarial não perca mais tempo. Se precisar, contrate um consultor especializado para auxiliar nesse processo.

Nos dias atuais, onde a concorrência e a tecnologia estão cada vez mais presentes, é fundamental melhorar e aprimorar a gestão empresarial constantemente para sobreviver em um mercado cada vez mais competitivo.

Se quiser saber um pouco mais sobre o que é gestão empresarial e qual a sua importância, assine nossa newsletter. Todo mês trazemos novidades em primeira mão que irão ajudar o seu negócio a prosperar dentro do mercado. 

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Yanick Gudim

Founder, CEO ExpenseOn Yanick Gudim, controller com ampla experiencia em auditoria e consultoria de empresas de médio e grande porte. Durante 3 anos trabalhei como consultor financeiro para startups de tecnologia como: Just Eat, Elens, Girafas, Mega Mamute, Sorte Online, Beleza na web, Play tech, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *