0

Visita a clientes: Cuidados essenciais para mandar bem!

visita a cliente

Você fica nervoso quando precisa fazer visita a clientes da sua empresa ou da organização em que trabalha? Se a resposta for positiva, fique tranquilo, pois isso é normal devido ao grau de importância que esses encontros podem ter, principalmente em situações de prospecção de novos negócios ou até mesmo durante a assinatura de um grande contrato, por exemplo. 

No entanto, saiba que existem maneiras de fazer com que a sua visita seja mais fácil e renda bons frutos. Para isso, entenda que antes de tudo você precisa estar calmo e ciente de que precisa convencer o seu cliente que o seu produto ou serviço é o melhor que existe dentro do mercado, caso contrário será difícil fechar uma negociação.

Sendo assim, quer saber qual a melhor forma de fazer com que a visita a clientes se torne algo mais proveitoso e que traga retornos para a empresa? Então você está no lugar certo! Leia este artigo até o final e descubra algumas dicas que você sempre deve levar em consideração quando for fazer alguma visita comercial para os seus clientes.  

6 Dicas para que a visita a clientes seja um sucesso

Se você chegou até aqui é porque está interessado em fazer com que as suas visitas se tornem cada vez melhores e com altos níveis de retorno sobre o investimento realizado, não é mesmo? Portanto, veja abaixo 6 ações que você sempre deve tomar para conseguir ter sucesso quando for fazer visita a clientes:

1. Garantir que a visita seja realmente necessária

A primeira atitude a ser tomada antes de realizar qualquer visita a clientes é entender se existe realmente a necessidade de fazer aquela visita. Isso pode até parecer óbvio para quem já possui certa experiência dentro do mundo corporativo, mas uma visita a um cliente deve acontecer apenas para discutir grandes fatos, o resto pode ser resolvido à distância.

No entanto, caso você perceba que existe realmente a necessidade de realizar o encontro, evite cometer atropelos, respeite a disponibilidade da sua agenda e, principalmente, a do potencial cliente. 

Além disso, marque as suas visitas usando ferramentas como Outlook ou CRM, por exemplo, pois esses sistemas mostram todas as informações a respeito da reunião para o seu contato, demonstrando o seu interesse e organização.

2. Planejar a visita 

Após a confirmação da visita, é hora de se preparar para tudo o que pode acontecer durante o encontro de negócios. Utilize o período pré-visita para conhecer todas as necessidades que o seu cliente pode ter, além de alinhar as expectativas e objetivos a serem alcançados ao término da reunião. 

Com esses quesitos em mãos, faça o esboço de um roteiro que contenha o modo de como você irá conseguir atingir suas metas. Mas, não se esqueça: apesar da necessidade de convencer o cliente, também é preciso deixar que ele fale sobre si mesmo, para que assim você possa oferecer com mais clareza os seus serviços e produtos, e apresentar os cases de sucesso.

planilha de controle_de_visitas a clientes

3. Pesquisar sobre o cliente

Esse tópico está muito alinhado com o apresentado anteriormente, pelo fato de também ser uma tarefa que deve ser realizada antes da visita. No entanto, merece uma explicação individual por apresentar uma grande importância. Antes de visitar uma organização, pesquise tudo o que conseguir sobre ela, a fim de conhecer a sua história e as informações básicas.

Compreenda o modelo de negócio e o mercado em que o seu cliente está inserido, montando até mesmo um dossiê se achar necessário. Saiba que essa atitude não é um exagero, isso porque todo esse preparo lhe renderá uma carga de segurança e confiança extra para acertar na sua apresentação e, assim, fechar mais um negócio.

4. Criar uma boa impressão desde o início 

Essa pode ser uma das dicas mais óbvias, mas entenda que a primeira impressão é sempre a que fica, principalmente quando se está tentando fechar um novo negócio. Dessa forma, sempre chegue antes do horário combinado, isso demonstra a sua disponibilidade e vontade.

Além disso, após já ter se encontrado com o seu contato, nunca comece a reunião bombardeando-o com diversas informações. Busque quebrar o gelo através de uma conversa descontraída, mas sempre com um assunto que faça parte do contexto de trabalho. Entenda que uma piada sem graça ou sem sentido é a pior coisa a ser fazer nesse momento.

5. Ser breve e confiante 

Ao iniciar a reunião de maneira efetiva, sempre que for o seu momento de fala transmita simpatia, pois apesar de ser um ambiente sério e de negócios, não é necessário ser frio. No entanto, ao mesmo tempo, compreenda o estilo do seu cliente e se adapte ao tom que ele prefere usar, que pode ser mais despojado ou formal, por exemplo. De qualquer forma, nunca perca a simpatia. 

Com o estabelecimento desse diálogo, perceba o momento ideal para usar dos problemas citados pelo cliente como uma maneira de promover o seu produto ou serviço. Faça isso sempre de maneira clara, breve e sem margem para dúvidas, mostrando que a sua empresa é a melhor solução para essas questões e que o cliente precisa de você. 

6. Anotar dados

Mesmo após o término da visita a clientes, o seu trabalho ainda não acabou. Registre tudo o que você já conseguiu alcançar com esse encontro e o que ainda ficou faltando para reuniões futuras, como fatos que o seu contato deixou pendente ou a confirmar. Tente fazer esse trabalho rapidamente, pois mesmo com uma excelente memória é possível se esquecer de algo. 

Tenha certeza de que esse processo irá lhe ajudar na realização da próxima visita. Além disso, esse fato também mostra novamente para o seu cliente o seu potencial de organização.

Conclusão

De uma maneira geral, a visita a clientes é uma tarefa que, se bem realizada, pode gerar grandes frutos para qualquer empresa. Portanto, empenhe-se em fazer dessas atividades um dos diferenciais da sua empresa em relação aos concorrentes. 

Gostou de conhecer 6 dicas de como mandar bem em visita a clientes? Então, para facilitar ainda mais esse processo, clique aqui e baixe nossa planilha de controle de visitas gratuitamente

planilha de controle_de_visitas a clientes

Gostou? Compartilhe!Share on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Yanick Gudim

Founder, CEO ExpenseOn Yanick Gudim, controller com ampla experiencia em auditoria e consultoria de empresas de médio e grande porte. Durante 3 anos trabalhei como consultor financeiro para startups de tecnologia como: Just Eat, Elens, Girafas, Mega Mamute, Sorte Online, Beleza na web, Play tech, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *